Conselho Estadual de Ensino
Agrícola de Santa Catarina
Área Restrita Curta Nossa Página

JEASC – Jogos das Escolas Agrícolas de Santa Catarina


Buscando uma maior integração entre as escolas agrícolas de Santa Catarina, o CONEA apoiou, no ano de 1997, a realização dos Jogos entre Escolas Agrícolas de Santa Catarina – I JEASC. Esse evento foi realizado no mês de agosto daquele ano, no Colégio Agrícola de Camboriú, sendo proposto o modelo bianual para as modalidades esportivas.

Os jogos nasceram da iniciativa do professor Ademar Steil, do Colégio Agrícola de Camboriú, e do professor Joverci Pocera, do Colégio Agrícola de Araquari, no ano de 1996. Ambos da rede federal e tendo como mantenedora, na época, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Em reunião no Colégio Agrícola de Araquari, entre os professores, foram estudadas as modalidades e debatidos vários assuntos referentes à realização dos jogos, motivação para as escolas participarem, recursos, transporte, hospedagem, alimentação, arbitragem, período de duração, entre outros aspectos.

Após o diálogo, entendeu-se que, como se tratavam de instituições que mantinham o sistema de internato, este fator facilitaria o fornecimento da alimentação às delegações de forma econômica.

Foi realizada uma nova reunião na Escola Agrotécnica Federal de Rio do Sul para a organização dos jogos, com a presença dos professores Ademar Steil, do Colégio Agrícola de Camboriú; Joverci Pocera, do Colégio Agrícola de Araquari; Volney Zunino e professora Angela Poletto, da Escola Agrotécnica Federal de Rio do Sul; Jerson Luiz Isoton, da Escola Agrotécnica Federal de Concórdia; e o professor Luiz Muraro Neto, do Colégio Agrícola Vidal Ramos. Além dos professores, fizeram-se presentes três alunos representando os colégios de Araquari, Camboriú e Rio do Sul.

Após profícuas discussões, foi definida a primeira edição dos jogos no Colégio Agrícola de Camboriú, como anfitrião, no ano de 1997. Dentre os objetivos principais discutidos estavam:

– Motivar os alunos à prática de esportes durante todo o período letivo;

– Estreitar os laços entre as Instituições de Ensino Agrícola de Santa Catarina;

– Promover a integração entre os alunos e servidores de uma mesma instituição de ensino;

– Divulgar as Instituições de Ensino Agrícola no cenário estadual;

– Melhorar e motivar os alunos nas aulas de Educação Física;

– Aprimorar o convívio dos alunos no internato (hoje moradia estudantil), pois na sua maioria eram internos.

Durante as discussões, pensou-se também sobre a importância de integrar os servidores das instituições. Definiu-se a modalidade de futebol suíço para os servidores, a qual vem sendo disputada até os dias de hoje. Para as servidoras e alunas, em menor número na época, definiu-se a modalidade de voleibol.

Para os alunos, definiram-se duas modalidades, sendo uma obrigatoriamente o futsal e as outras seriam alternadas dentre as modalidades de voleibol, basquetebol e handebol, obedecendo à estrutura e tamanho de cada instituição. Esse trabalho vem até os dias de hoje funcionando e sendo definido pelos professores da área de Educação Física das escolas. Também na reunião foi definido o nome para o evento, o qual se mantém atualmente, como Jogos das Escolas Agrícolas de Santa Catarina (JEASC).

No início de 1997, um grupo maior de professores se reuniu para programar o I JEASC, no Colégio Agrícola de Camboriú. Nessa reunião estavam presentes os professores Ademar Steil, do Colégio Agrícola de Camboriú; Joverci Pocera, do Colégio Agrícola de Araquari; Volney Zunino e Angela Regina Poletto, da Escola Agrotécnica Federal de Rio do Sul; Jerson Luiz Isoton e Zelina Prates Pinheiro Machado, da Escola Agrotécnica Federal de Concórdia; Artêmio Cecconello, do Colégio Agrícola de Água Doce; Mauro Cobalchini, da Escola Agrotécnica Federal de Sombrio; e o professor Luiz Muraro Neto, do Colégio Agrícola Vidal Ramos. A reunião foi marcada para definir a data da realização, as modalidades, os regulamentos e demais assuntos relevantes para o sucesso do evento. A realização do I JEASC foi programada para sábado e domingo, evitando assim, a perda de aulas. Esse propósito se estendeu por alguns anos e hoje os jogos são realizados nas quintas-feiras (abertura da modalidade de futsal), sextas-feiras e sábados.

Na primeira edição dos jogos, no Colégio Agrícola de Camboriú, participaram sete escolas: os Colégios Agrícolas de Araquari, Camboriú, Canoinhas e Fraiburgo, e as Escolas Agrotécnicas Federais de Concórdia, Rio do Sul e Sombrio. Os recursos eram poucos e definiu-se que cada uma das instituições participantes contribuísse com parte dos ingredientes para auxiliar na alimentação dos atletas.

O evento foi coberto de êxito e animou os organizadores e participantes, só que não existia a garantia da sua continuidade. Agendou-se uma reunião de avaliação no Colégio Agrícola de São José do Cerrito. Nesta, foi definida a realização do JEASC de dois em dois anos, obedecendo ao critério de alternância das sedes. Ficou definida a segunda edição para acontecer no Colégio Agrícola de Araquari, no ano de 1999.

Após o sucesso dessa edição e definição da segunda, foram realizadas reuniões nas demais escolas para motivar e solicitar apoio, iniciativa que teve êxito e aumentou o número de instituições participantes. No II JEASC participaram duas novas escolas, o Colégio Agrícola de Água Doce e o Colégio Agrícola de São José do Cerrito. Nesse evento também participaram as entidades profissionais representantes dos técnicos agrícolas de Santa Catarina: a ATASC e o SINTAGRI, que ofereceram suporte logístico e financeiro.

Os JEASC proporcionaram também uma grande articulação e integração das instituições que formam profissionais técnicos agrícolas no estado, reunindo instituições federais, estaduais e particulares harmonicamente para as disputas.

Confira todas as edições dos jogos

2017 – XI JEASC

2015 – X JEASC

2013 – IX JEASC

2011 – VIII JEASC

2009 – VII JEASC

2007 – VI JEASC

2005 – V JEASC

2003 – IV JEASC

2001 – III JEASC

1999 – II JEASC

1997 – I JEASC